por: Viagem e Gastronomia Viagem e Gastronomia

Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Arábia Saudita vai inaugurar parque de diversões sobre plataforma de petróleo

    A Arábia Saudita está tentando reduzir sua dependência do petróleo, mas isso não impede o reino árabe de usar a indústria petrolífera como inspiração para uma nova forma de atração turística

    Arábia Saudita pretende se tornar um grande polo turístico nos próximos anos
    Arábia Saudita pretende se tornar um grande polo turístico nos próximos anos Public Investment Fund

    CNN Viagem & Gastronomiada CNN

    Ouvir notícia

    O país do Oriente Médio anunciou planos para converter uma plataforma de petróleo num “parque radical” e resort de 150 mil metros quadrados localizado no Golfo Pérsico.

    Financiada pelo Fundo de Investimento Público (FIP) da Arábia Saudita, a Plataforma chamada de “The Rig” consistirá em três hotéis e 11 restaurantes espalhados por uma série de plataformas interligadas, assim como montanhas-russas e atividades cheias de adrenalina como bungee jumping e skydiving.

    Atração única

    Ilustração do futuro parque de diversões sobre plataforma de petróleo / Public Investment Fund

    Versões da futura atração, cujo objetivo é “oferecer uma variedade de opções de hospedagem, aventuras e esportes aquáticos”, além de um vídeo promocional, foram lançados no início do mês.

    “Este projeto é uma atração turística única, que deve atrair turistas de todo o mundo”, afirma uma declaração do FIP.

    A data para a conclusão do empreendimento ainda não foi estipulada.

     

    Descrita como o “primeiro destino turístico do mundo inspirado em plataformas de petróleo offshore”, a atração está sendo concebida em alinhamento com a estratégia de longo prazo chamada Visão Saudita 2030, que pretende transformar a Arábia Saudita em um grande destino turístico internacional e diversificar sua economia.

    Embora milhões de visitantes religiosos façam a peregrinação para a cidade sagrada saudita de Meca todos os anos, as leis conservadoras do país, restringindo as liberdades das mulheres, além do seu histórico problemático de direitos humanos fazem dele um destino pouco favorável para muitos visitantes internacionais.

    Esperanças no turismo

    The Rig faz parte da estratégia do país de se tornar um grande polo turístico internacional / Public Investment Fund

    O país está determinado, porém, a se reposicionar como um atraente polo global, capaz de competir com rivais próximos como Dubai, Abu Dhabi e Omã. Sua meta é atrair 100 milhões de turistas todos os anos a partir do fim da década.

    No início do ano, planos para uma segunda linha aérea nacional – o atual portador da bandeira do reino é a Saudia, anteriormente conhecida como Saudi Arabian Airlines – e investir 147 bilhões de dólares em transporte e logística ao longo de nove anos foi confirmado pelo príncipe herdeiro da Arábia Saudita, Mohammed bin Salman.

    Notícias sobre o projeto aparecem apenas alguns meses depois dos planos para o parque temático de Qiddiya da Six Flags terem sido anunciados.

    O local está sendo construído como parte de uma nova cidade, situada nos arredores da capital, Riad, e hospedará a montanha-russa mais rápida do mundo, quando for lançada, em 2023.

    (Texto traduzido. Clique aqui para ler o original em inglês).


    Mais Recentes da CNN