por: Viagem e Gastronomia Viagem e Gastronomia

Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Belize reabre fronteiras para turistas vacinados sem necessidade de teste

    Destino da América Central exige apresentação do comprovante de imunização datado de, pelo menos, duas semanas antes da chegada

    Ouvir notícia
    Ilha Caye Caulker, um dos mais belos e conhecidos destinos do país, que é banhado pelo Mar do Caribe (Foto: Wikimedia Commons)

    Belize, país com cerca de 380 mil habitantes da América Central, reabriu suas fronteiras para turistas vacinados sem a necessidade de apresentação de um teste negativo para Covid-19. A nova diretriz de saúde entrou em vigor no fim de fevereiro e estabelece que qualquer pessoa vacinada de qualquer lugar do mundo entre no país apenas com a apresentação do comprovante de imunização datado de, pelo menos, duas semanas antes da chegada. 

    Os visitantes não vacinados, porém, ainda precisam conceder um teste PCR negativo realizado quatro dias antes da viagem (cerca de 96 horas) ou um teste rápido de antígeno negativo feito dois dias antes (48 horas) de embarcar para o país. Caso nenhuma das opções sejam apresentadas, o turista deverá realizar um teste no próprio aeroporto por U$50 – cerca de R$280,00. 

    Com o plano de reabertura, turistas deverão ficar em hotéis que foram devidamente certificados para recebê-los (confira a lista aqui). Segundo o governo, os estabelecimentos indicados estão operando de forma segura para o turismo e adaptaram novos comportamentos e procedimentos contra a Covid-19, garantindo um impacto mínimo na experiência do hóspede. Ainda antes da viagem, o visitante é encorajado a baixar um app de saúde do governo local para manter suas informações atualizadas. 

    Leia mais

    Quer férias mais seguras? Que tal sua própria ilha privativa?
    Seychelles reabre suas ilhas paradisíacas para turistas do mundo todo
    Maior ilha das Bahamas será leiloada

    Em janeiro, Belize foi reconhecido com o Safe Travel Stamp, selo de “viagem segura” criado pelo Conselho Mundial de Viagens e Turismo que permite que os viajantes reconheçam governos e empresas que adotaram protocolos padronizados globais de saúde e higiene. 

    O Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) do destino anunciou ainda que expandiu os locais de teste para todos passageiros que saem do país e que tem exigido um teste negativo para Covid-19 de todos os passageiros que partem de lá para os Estados Unidos. 

    As decisões vão de encontro com a redução de casos diários de coronavírus no país. A saber: de 1 até 14 de março, 77 casos de contaminação da doença no país foram registrados e, ao todo, desde o começo da pandemia, 316 pessoas morreram em decorrência da Covid-19. 

    Não há voos diretos saindo do Brasil para Belize. Para chegar à localidade, é necessário fazer paradas em outros países, como os Estados Unidos e Panamá. Os Estados Unidos, contudo, continuam barrando a entrada de pessoas que tenham passado pelo território brasileiro nos 14 dias que antecederam a chegada em solo norte-americano. Já o Panamá aceita a entrada de visitantes do Brasil, mas exige apresentação de teste negativo para Covid-19 feito 48 horas antes do desembarque.

    Paraíso na América Central

    Divisão na ilha de Caye Caulker, em Belize, com águas azuis do Caribe (Foto: Wikimedia Commons)

    Situado no nordeste da América Central, com o litoral banhado pelo Mar do Caribe, Belize possui lindas praias de águas em tons de verde e azul. A Cidade de Belize é a maior do país, com cerca de 60 mil habitantes, e abriga o aeroporto internacional Philip S.W Goldson, porta de entrada para os destinos locais.

    Buraco Azul, caverna subaquática e uma das atrações mais visitadas de Belize (Foto: Flickr/Seann McAuliffe)

    O mergulho é uma atração muito difundida por ali, em que é possível adentrar a barreira de corais. Praias desertas também levam sossego aos viajantes, onde os cenários, repletos de banco de areias, manguezais, atóis e corais, fazem suspirar. As ilhas também são os atrativos mais procurados, destaque para Caye Caulker. A pequena ilha possui hotéis e guesthouses à beira da praia e casinhas coloridas que imprimem o charme local. A pé ou em uma bicicleta, pode-se conhecer a ilha de norte a sul tranquilamente.

    Além das praias, o país possui uma rica herança cultural, em que é possível visitar ruínas da civilização maia, como os sítios arqueológicos de El Caracol e Xunantunich, ambos a oeste da Cidade de Belize, no distrito de Cayo, perto da fronteira com a Guatemala.

    Mais Recentes da CNN