por: Viagem e Gastronomia Viagem e Gastronomia

Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Novo asiático Spicy Fish é o atual restaurante sensação do Rio; saiba o porquê

    Fabio Wright visita o endereço mais comentado nos últimos tempos na cidade e descobre o motivo da casa comandada pelo jovem chef Emerson Kim viver com fila na porta

    Spicy Fish tornou-se rapidamente endereço sensação entre os fãs de comida asiática no Rio de Janeiro
    Spicy Fish tornou-se rapidamente endereço sensação entre os fãs de comida asiática no Rio de Janeiro Fabio Wright

    Fabio Wrightdo Viagem & Gastronomia

    Rio de Janeiro

    Ouvir notícia

    Encabeçado pelo restaurateur Leonardo Rezende, o grupo 14zero3 não para de ampliar seu império gastronômico no Rio de Janeiro. Desde 2016, seus sócios abriram uma série de endereços badalados que caíram nas graças dos cariocas, como os italianos Pici e Posì, o grego Oia e o francês L’Atelier Mimolette. Em 2020, fincaram o pé em São Paulo, onde abriram o Roi Méditerranée, no CJ Shops, nos Jardins.

    A mais nova casa do grupo, o Spicy Fish, foi inaugurada no ano passado, e virou um dos endereços-sensação de Ipanema. Com constantes filas na porta, ocupa um elegante e imponente imóvel de 4 andares na nobre esquina das ruas Barão da Torre e Maria Quitéria — bem em frente a Praça Nossa Senhora da Paz.

    O cardápio, que traz uma convidativa união de receitas japonesas e coreanas, leva assinatura do jovem chef Emerson Kim, que já estagiou nas unidades do Nobu de Mykonos, na Grécia, e de Munique, na Alemanha.

    Uma entradinha que merece elogios é o spicy hoisin edamame (R$ 39). Geralmente sem graça, a soja verde tem aqui o sabor potencializado pelo molho hoisin — espécie de barbecue oriental levemente agridoce e picante.

    Em seguida, prove o shake karashi no sumiso (R$ 54). Traz fatias de salmão selado num equilibrado molho adocicado de missô com mostarda japonesa.

    Spicy hoisin edamame vem com sabor realçado pelo molho hoisin  / Fabio Wright

    Quem quiser se presentear com uma cara e recompensadora iguaria pode apostar no hot stone (R$ 196). A sugestão reúne 50 gramas de carne de wagyu importada da cidade japonesa de Kagoshima com classificação A5 —a mais alta — e grau de marmoreio que faz ela derreter na boca.

    As fatias da carne chegam à mesa cruas, na companhia de molho ponzu e pedras vulcânicas quentes, para que o cliente possa grelhá-las como preferir.

    Hot stone reúne 50 gramas de carne de wagyu importada da cidade japonesa de Kagoshima com classificação A5 / Fabio Wright

    No time dos principais, as estrelas são a seleção de sashimis do chef com ikura (ovas de salmão) — 5 variedades; três fatias de cada (R$ 148) — e uma memorável pedida da cozinha quente, o spicy pork yaki noodles (R$ 68), cheio de sabor e de ardência na medida. Nele, a barriga de porco cozida em baixa temperatura e depois desfiada é combinada com macarrão futomen (de espessura mais grossa), pimenta-de-sichuan, legumes e ovo perfeito.

    Spicy Pork yaki noodles chega à mesa cheio de sabor e com ardência na medida / Fabio Wright

    Para arrematar, faz sucesso o choux cream (R$ 32), uma massa aerada com crocante de canela e creme de banana regada com calda de doce de leite.

    Choux cream finaliza bem a refeição com crocante de canela e creme de banana regada com calda de doce de leite / Fabio Wright

    Rua Maria Quitéria, 99, Ipanema – Rio de Janeiro – RJ / Tel.: (21) 3490-4335/ Horário de funcionamento: segunda a quinta-feira, das 12h às 24h, sexta-feira e sábado, das 12h à 1h, e domingo, das 12h às 23h.


    Mais Recentes da CNN