por: Viagem e Gastronomia Viagem e Gastronomia

Onde os bartenders bebem? Com Igor Renovato, do Garoa Bar Lounge, no Rio de Janeiro

Quer saber onde os bartenders mais famosos do Brasil bebem? Igor Renovato, bartender do Garoa Bar Lounge, no Rio de Janeiro, abre o jogo!

Igor Renovato, bartender por trás dos balcões do Garoa Bar Lounge no Leblon e em Ipanema
Igor Renovato, bartender por trás dos balcões do Garoa Bar Lounge no Leblon e em Ipanema Rodrigo Azevedo Fotografia

CNN Viagem & Gastronomiado Viagem & Gastronomia

Rio de Janeiro

Ouvir notícia

Mesmo natural de São João do Meriti, na Baixada Fluminense, Igor Renovato pode ser considerado um “carioca da gema”. Morador há cinco anos da Lapa, “a fina flor da boemia carioca”, como ele mesmo afirma, o bartender é frequentador assíduo dos botequins do Rio de Janeiro.

Desde os 19 anos no ramo de alimentos e bebidas, Igor comanda atualmente os balcões do Garoa Bar Lounge no Leblon e em Ipanema. A primeira unidade da marca é de Santiago de Compostela, na Espanha, e há cinco anos aportou na Cidade Maravilhosa no sofisticado bairro do Leblon.

Atual vencedor do campeonato nacional de bebidas Campari, em que apresentou releituras do clássico negroni na final da competição, o bartender acumula prêmios e menções pela imprensa especializada no Rio.

Frequentador também dos bares Galeto Sat’s e Baródromo, a lista de sugestões de Igor é grande, mas compartilha a seguir seus balcões e endereços prediletos no Rio de Janeiro junto de dicas preciosas de um bom boêmio:

Bar do Momo, Bar Madrid e Bode Cheiroso

É a “santíssima trindade” dos botequins da Tijuca. No Momo, você come o clássico bolinho de arroz e, para beber, o gim tônica de hibisco da bartender Filó.

No Madrid, de cara você é apresentado ao Júlio Iglesias com a seguinte frase: “hay que beber y lo sabes!”. Pois beba ou “lamba uma cerveja trincando”, como eles gostam de dizer. A batida de maracujá é a melhor da cidade, e o croquete de língua é um ótimo acompanhamento.

Já sobre o Bode Cheiroso, brinco que a casa poderia se chamar Bode Cremoso: beba a batida de coco deles e você me entenderá. É como um creme! Eles servem vários acepipes, mas aguarde e peça a “Barra de Cereal”, que é como chamam o torresmo da casa – o mais famoso da cidade.

Endereços: Bar do Momo: Rua Gen. Espírito Santo Cardoso, 50 -Tijuca, Rio de Janeiro – RJ. Tel.: (21) 2570-9389; @bardomomooficial
Bar Madrid: Rua Almirante Gavião, 11 -Tijuca, Rio de Janeiro – RJ. Tel.: (21) 3594-8526; @barmadrid
Bode Cheiroso: Rua General Canabarro, 218 – Maracanã, Rio de Janeiro – RJ. Tel.: (21) 2568-9511; @bardobodecheiroso

Bar do Adalto

bar do adalto rio de janeiro
Fotos 3×4 de clientes e outras pessoas ficam espalhadas nas mesas do Bar do Adalto, na Lapa/Foto: Igor Renovato/Acervo pessoal

O Bar do Adalto fica na Lapa, em um sobrado antigo, e, como o nome diz, é comandado pelo Adalto, que é praticamente meu padrinho da boemia. Nas mesas da casa, fotos 3×4 de clientes e passantes compõem um cenário único de botequim. Nas paredes, mais fotos.

O Adalto é querido na comunidade do samba carioca. Seu PF é disputado e elogiado por todos. “Eu compro é coisa boa!”, diz ele com orgulho. Para beber, aposte na cerveja, sempre gelada. Ou, para os mais corajosos, peça o Rabo de Foguete – uma variação do Rabo de Galo que o Adalto coloca a bebida que quiser.

Endereço: Rua Joaquim Silva, 15 – Lapa, Rio de Janeiro -RJ. Tel.: (21) 2221-8376; @bardoadalto

Esquina da Cachaça

É um clássico da boemia carioca. É a tradicional saideira da “madrugada profunda” na Lapa. Conhecida por muitos, dizem que se você vier na Lapa e não terminar “no Cachaça”, como se referem os íntimos, você não veio à Lapa.

Nas prateleiras, mais de 80 rótulos de cachaças diversas, garrafadas e batidas. Entre as bebidas, indico a batida de amendoim e a cerveja – sempre gelada. Para comer, fica a dica: basta pedir o cardápio dos bares vizinhos e a equipe nos serve.

Endereço: Av. Mem de Sá, 108 – Lapa, Rio de Janeiro – RJ. Tel.: (21) 2509-1069. WhatsApp: (21) 98359-8982; @esquinadacachaca

Os Imortais

parmegiana e red ale os imortais rio de janeiro
Parmegiana “Pulp Fiction” d’Os Imortais com destaque da cerveja Red Ale da casa ao fundo/Foto: Tomas Rangel

É um botequim completo! Tem comida boa, chopp, petiscos variados, cerveja gelada e ótimos “cocktails de botequim” – entre aspas porque considero uma categoria que poucos fazem com esmero. A carta do Thiago Teixeira é variada e há um apreço por coquetéis.

Para comer, sugiro o sanduíche Luigi, que traz um blend de fraldinha e lombo suíno. Para os mais famintos, indico a parmegiana de carne. Por fim, a cerveja Red Ale da casa também vale a pedida.

Endereço: Rua Ronald de Carvalho, 147 e 154 – Copacabana, Rio de Janeiro – RJ. Tel.: (21) 3563-8959. WhatsApp: (21) 98319-0222; @osimortais.bar

Bafo da Prainha

No que diz respeito à bebida, comida e pessoas, o Bafo da Prainha é o melhor acontecimento do ano. Digo que é mais do que um botequim: é pertencimento, é coletividade. O bar ocupou a praça do Largo de São Francisco da Prainha e ajudou a revitalizar a região da Pequena África, na zona portuária.

Para beber, minha dica é a caipirinha Alice Maravilha. Claro que não poderia faltar uma cerveja gelada, que aqui vem no isopor. Para abrir os caminhos, peça um sacaralho, o pão de alho da casa, e a sacanagem no palito, porção de ovo de codorna, tomate e azeitona.

Outra sugestão: aproveite que está por perto e vá na Casa Porto comer uma coxinha de pernil. Imperdível!

Endereço: Lgo. de S. Francisco da Prainha, 15 – Região Portuária, Rio de Janeiro – RJ; @bafodaprainha


Mais Recentes da CNN