por: Viagem e Gastronomia Viagem e Gastronomia

Fame Osteria, ainda mais preciso do que o antigo restaurante do casal Renzetti

Reinvente-se! A palavra mais ouvida em 2020, e o verbo que deixou todo mundo sem sono. Pois bem, dos melhores exemplos do que é se reinventar está o Casal Renzetti. Marco e Erika tiveram a coragem de fechar a Osteria Pettirosso assim que a pandemia se instalou e montaram o projeto Fame Osteria

Ouvir notícia

Por Maria Vargas

Reinvente-se! A palavra mais ouvida em 2020, e o verbo que deixou todo mundo sem sono. Pois bem, dos melhores exemplos do que é se reinventar está o Casal Renzetti. Marco e Erika tiveram a coragem de fechar a Osteria Pettirosso assim que a pandemia se instalou e montaram o projeto Fame Osteria (* fame = fome em italiano)

Bacalhau com bottarga homemade e azedinha do Fame Osteria (Foto: Maria Vargas)
Bacalhau com bottarga homemade e azedinha do Fame Osteria (Foto: Maria Vargas)

A portinha de ferro escondida nos Jardins não faz jus às maravilhas que te esperam no sobrado cuidadosamente reformado pelo casal nos meses mais difíceis desse ano. Cozinha aparente. Marco com mais duas cozinheiras, e Erika no salão com mais dois ajudantes. São apenas 12 lugares e, claro, apenas com reserva.

O menu-degustação muda diariamente, e Marco passeia por suas raízes italianas, com algum acento na sua paixão espanhola, como a deliciosa água de tomate que acompanha a lula na brasa que comi no jantar dessa semana.

Para os saudosos do seu carbonara perfeito, a sequência de pratos se encerra sempre com um clássico. Normalmente o cliente é consultado. E obviamente, fomos até o fim.

A noite foi harmonizada com vinhos selecionados pelo próprio casal, que tem um incrível bom gosto por rótulos naturais. Golaço! E olha que é só o começo. Vida longa ao Fame Osteria.

Fame Osteria (Foto: Diego Zambrano)
Fame Osteria (Foto: Diego Zambrano)

Mais Recentes da CNN