por: Viagem e Gastronomia Viagem e Gastronomia

Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Chef estrela do Rio de Janeiro, Pedro Artagão inaugura novo boteco

    Cardápio do Princesa Boteco & Restaurante segue a linha de outra casa do grupo, o Boteco Rainha, e serve uma variedade de carnes, caldinhos e muito chopp gelado

    Boteco Princesa abre as portas no Leblon e completa o time de casas comandadas pelo chef Pedro de Artagão
    Boteco Princesa abre as portas no Leblon e completa o time de casas comandadas pelo chef Pedro de Artagão Alexander Landau

    Daniela Caravaggido Viagem & Gastronomia

    Rio de Janeiro

    Ouvir notícia

    O circuito boêmio do Rio de Janeiro ganhou um reforço de peso nas últimas semanas. O chef Pedro Artagão inaugurou há cerca de um mês o Princesa Boteco & Restaurante, que se une à vasta lista de estabelecimentos do Grupo Irajá.

    A proposta, inclusive, é bem parecida com o Boteco Rainha, o mais recente do grupo, tanto na decoração (com azulejos brancos e detalhes em azul) quanto na composição de cardápio. Ambos estão localizados em esquinas do Leblon e estão separados por apenas 500 metros (cerca de 5 minutos andando). Oferecem chope gelado, petiscos, entradas, pratos principais e sobremesas. Enquanto um fica na badalada Dias Ferreira, o irmão mais novo fica na esquina mais tranquila da Humberto de Campos com a João Lira.

    O Princesa possui cerca de 30% do cardápio do Rainha. Já conhecidos pelos clientes, o croquete de lagosta, torresmo de barriga, polvo ao vinagrete, arroz de pato, de frutos do mar, entre outros não perderam espaço, mas ganharam novas companhias. Ao contrário do Rainha, em que os peixes e frutos do mar são os protagonistas, o Princesa oferece mais opções de carnes em seus pratos principais.

     

    O prato que leva o nome da casa, por exemplo, é composto por dois medalhões de filé mignon cobertos por gorgonzola, acompanhados de arroz com seu molho rôti (R$ 138 – e serve de duas a três pessoas). O estrogonofe de carne não fica para trás e vem acompanhado de batatas saute e arroz branco (R$ 124). Filé à milanesa, à piamontese, à parmegiana e, é claro, o clássico Oswaldo Aranha, também ganham suas versões do chef no boteco.

    De petiscos e entradas, bolinhas de queijo, daquelas de festas infantis – mas bem sequinhas, são a novidade (R$ 36), junto com o caldinho de mocotó e feijão branco (R$ 16), apenas encontrados por lá. Sanduíches com novos sabores, como de pernil e à milanesa (R$ 28) também figuram no menu. A dica é: se vai em um grupo maior e for petiscar, peça diferentes porções. Elas não são tão grandes e assim conseguirão provar um pouquinho de cada.

    Para sobremesa são três opções de tortas: chocolate (R$ 22), natas (R$ 18) e alemã (R$22).

    Se não for do time do chope – que aliás é muito bem servido na mesa, com bolachas em que o cliente coloca do lado vermelho se está satisfeito ou verde se aceita mais um – diferentes drinques também podem ser encontrados, como as “Batidas da casa”, de maracujá, coco, gengibre e cajú.

    Outra dica importante: chegue cedo. O local não faz reservas e já entrou na rota dos badalados da cidade. É bem possível que, mesmo chegando cedo, ainda assim pegue uma filinha. Não desanime: vale a pena esperar.

    Rua João Líra, 148 – Leblon, Rio de Janeiro – RJ /Horário de funcionamento: de terça a domingo, das 12h às 23h


    Mais Recentes da CNN