por: Viagem e Gastronomia Viagem e Gastronomia

Iaiá Cave à Manger, um empório e bar de vinho cheio de charme no Itaim, em São Paulo

A casa é aquele combo perfeito de empório, ótimas comidinhas, rótulos de vinhos de todos os cantos do mundo e ambiente acolhedor com jazz tocando ao fundo

Iaiá Cave à Manger é uma mistura de bar de vinhos com empório, no Itaim
Iaiá Cave à Manger é uma mistura de bar de vinhos com empório, no Itaim divulgação

Tina Binido Viagem & Gastronomia

São Paulo

Ouvir notícia

Ao entrar no Iaiá Cave à Manger a primeira impressão já é deliciosa, afinal, uma enorme prateleira com vinhos de todos os cantos do mundo e confortáveis poltronas dão às boas-vindas.

Vale andar até o final do salão e descobrir o quintal no fundo da casa. Luzinhas penduradas, uma parede de lambes fotogênicos e bem-humorados, barris de vinho com banquetas descontraídas ao redor de uma jabuticabeira que domina o centro do pequeno espaço e jazz tocando ao vivo formam o que podemos chamar de cenário perfeito para boas horas de papo entre amigos ou até um date.

Ambiente externo do Iaiá Cave à Manger é perfeito um encontro descontraído entre amigos / Foto: divulgação

Assim é o Iaiá, o jazz ao vivo não é todo dia, mas o clima é sempre o mesmo. Uma experiência descontraída que mescla vinhos selecionados a dedo pelo Benoit Mathurin, também chef e sócio do Esther Rooftop, e gastronomia despretensiosa, com cardápio franco-espanhol criado a quatro mãos pelo chef e por Juliano Valese, proprietário do Torero Valese e um dos sócios da casa.

Aliás, na sua visita, pergunte se o Benoit está por lá e torça para a reposta ser positiva. Seus olhos brilham ao contar do projeto do Iaiá e, a cada vinho indicado, conta a história como ninguém de cada rótulo. Se deixar guiar por suas indicações é uma incrível viagem de sabores que passa por rótulos africanos, brasileiros, italianos, entre muitos outros países – e com valores para todos os bolsos, que variam de R$ 94 a R$ 1.500 a garrafa.

Rótulos de diversos países fazem parte do menu do Iaiá, todos escolhidos a dedo por Benoit / Foto: divulgação

Para beliscar, burrata com tomates confitados e mirtilos (R$ 39), carne cruda picada na ponta da faca (R$ 28),  misto quente do Iaiá feito com jamon, queijo conte cremoso e laminas de cogumelos com azeite trufado (R$ 34), mariscos ao jerez (R$ 59) ou o novo sanduíche de camarão com maionese levemente apimentada no pão de brioche (R$ 44) chegam perfeitos para compartilhar. Como opção de sobremesa, o diferente ganache de chocolate com caramelo salgado, azeite borriello e sal maldon (R$ 29) fecha perfeitamente a experiência.

Mariscos ao jerez é uma das opções do cardápio, inteiro desenvolvido para compartilhar / Foto: divulgação

Nos vinhos, alguns dos destaques são o orgânico brasileiro Undermyskin 2020 (R$ 169 a garrafa), Sauvignon Blanc da vinícola Arte da Vinha e o Elos 2013 (R$ 164 a garrafa) feito com uvas Touriga Tannât. Permanecendo na América Latina e fortalecendo as prateleiras do Iaiá, estão os argentinos Los Abandonados da Passo a Passo Wines (R$ 279 a garrafa) e o Vinyes Ocults (R$ 158 a garrafa), Malbec, natural e de maceração carbônica. Atravessando o Atlântico e desembarcando na França, é possível degustar vinhos orgânicos como o Le Penchant 2019 (R$ 214 a garrafa), com uvas Roussane, produzido na região de Languedoc-Roussillon e o Energie Rouge 2019 (R$ 248 a garrafa), Syrah do Domaine Viret.

A mercearia segue o mesmo conceito do restaurante e oferece itens escolhidos a dedo para petiscar em casa ou montar um belo presente. São conservas artesanais da casa, como a de quiabo com toque de pimenta, a de rabanete orgânico e a de mini chuchu com maxixe, que podem acompanhar uma fatia de queijo ou pão. Para complementar o pequeno empório, as combinações inventivas das geléias artesanais da marca Mermeléia dividem o espaço com as garrafas de azeites Boriello. No time dos queijos, os da Pardinho, Serra das Antas, Pé do Morro da Serra do Japi, e os de cabra da Dchèvre são as estrelas do momento, assim como a charcuterie dos parceiros Pirineus e do À Table. 

Misto quente com jamon, queijo conte cremoso e laminas de cogumelos com azeite trufado / Foto: divulgação

Vale ficar de olho na agenda especial do espaço, que vira e mexe convida bons chefs para cozinharem juntos num domingo ou bons trios de jazz e Djs para apresentações especiais. No próximo domingo (31/10) será o dia dos proprietários Guilherme Mendes e Elisa Fernandes, junto com os cozinheiros Lucas e Cris Lopes, servirem itens como ostras no molho ponzu ou a paratha, coalhada fermentada na mostarda e molho piccalilli servida no pão tipo indiano semi folheado na manteiga, por exemplo.

Para animar o ambiente e trazer uma musicalidade especial para o dia, DJ Smurf e DJ Bruno Pedrosa irão comandar as pick-ups e discotecar até o dia cair.

Iaiá Cave à Manger 

Rua Iaiá, 44, Itaim Bibi, São Paulo – SP / Tel.: (11) 3297-2163 / Horários de funcionamento: terça a sexta, das 16h às 23h, e sábado, das 14h às 23h


Mais Recentes da CNN