por: Viagem e Gastronomia Viagem e Gastronomia

Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Paris, Los Angeles, Atlantic City: os destinos que marcaram “Sex and The City”

    Com a chegada de "And Just Like That…", um novo capítulo na vida das personagens da série original, listamos lugares ao redor do mundo que fizeram parte da história - e que valem a visita

    Divulgação

    Saulo Tafarelodo Viagem & Gastronomia

    Ouvir notícia

    Além de Carrie, Samantha, Miranda e Charlotte, a série norte-americana “Sex and the City” tinha um quinto personagem principal: Nova York. Residência e pano de fundo para as aventuras e decepções amorosas e profissionais das quatro mulheres, a cidade de cerca de 8,5 milhões de habitantes cumpriu um papel-chave ao longo das seis temporadas da série do fim da década de 1990 e dos dois filmes de meados dos anos 2000.

    Agora, tanto as personagens quanto a própria Nova York voltam às telinhas com o spin-off de “Sex and the City”. And Just Like That…”, a nova série que estreou em dezembro na HBO Max, já tem dado o que falar com a atualização da narrativa e a ausência de Samantha Jones – interpretada por Kim Cattrall.

    Nesta volta aos holofotes, a franquia carrega um legado não somente ligado à moda e à liberdade feminina, mas também de destinos a serem explorados. Além de Nova York, onde, entre um cosmopolitan e outro, as personagens frequentavam restaurantes, bares, lojas, parques e hotspots, a série e os filmes aterrissaram em outros pontos ao redor do mundo que faziam sentido com a narrativa.

    México, Abu Dhabi, Paris e outras cidades dentro dos Estados Unidos foram alguns dos destinos principais em que as quatro personagens viajaram e viveram experiências diferentes do cotidiano na Big Apple.

    Em celebração ao novo capítulo de “Sex and the City”, o CNN Viagem & Gastronomia listou alguns dos lugares pelo mundo que a série original e os dois filmes da franquia se passaram. Aperte o play, ou melhor, confira a seguir e planeje sua próxima viagem no estilo mais elegante possível:

    Paris

     

    A sexta e última temporada da série é marcada pela decisão de Carrie (Sarah Jessica Parker) em deixar Nova York e se mudar para a capital francesa ao lado de seu amor Aleksandr Petrovsky (Mikhail Baryshnikov), um artista russo.

    Enquanto a narrativa se desenvolve e Carrie vai percebendo que não consegue manter uma relação com Petrovsky, vários pontos importantes de Paris são explorados nas cenas. O Hôtel Plaza Athénée, de cinco estrelas e um dos mais famosos da Cidade Luz, é onde Carrie fica no começo de sua aventura francesa. Um marco parisiense, onde flores decoram as sacadas e a vista estonteante para a Torre Eiffel agrada os hóspedes.

    Outros pontos turísticos famosos aparecem no desenrolar da trama, como a Fontaine Saint-Sulpice, fonte do século 19 projetada pelo arquiteto do túmulo de Napoleão; a Place Dauphine, praça triangular do século 17; e a Pont des Arts, que atravessa o rio Sena e ficou conhecida por seus cadeados no alambrado.

    A loja da Dior na Avenida Montaigne, que reúne lojas de luxo, e o moderno restaurante Kong, local que faz uma conexão entre as culinárias de Paris e do Japão, também aparecem entre as cenas.

    Abu Dhabi

    A maior parte do segundo filme da franquia, lançado em 2010, se passa em Abu Dhabi, a capital dos Emirados Árabes Unidos, que ostenta arranha-céus modernos, megacentros de compras e mesquitas colossais. Cenas em um hotel ultraluxuoso, descobertas no deserto e autênticas ruas com vendinhas tradicionais fazem parte da narrativa.

    Porém, o gostinho que se tem de Abu Dhabi no filme não corresponde com a realidade: na verdade, as cenas foram gravadas nos arredores de Marrakech, no Marrocos, país no norte da África. De acordo com a “Condé Nast Traveler”, o aeroporto, hotéis e até as dunas foram pontos filmados no país africano.

    O quarteto se hospeda na Suíte Real do atual hotel Sahara Palace Marrakech, situado fora de Marrakech, em uma região chamada de Palmeraie – um oásis de centenas de milhares de palmeiras. A parte traseira do hotel dá para a Cordilheira do Atlas, que separa a costa do Atlântico e do Mediterrâneo do Deserto do Saara.

    Outro hotel que aparece na trama é o resort cinco estrelas Amanjena, quando Carrie tem um encontro com seu ex-namorado Aidan Shaw (John Corbett). A praça Jemaa el-Fna, principal praça de Marrakech, também foi utilizada como pano de fundo para as cenas.

    Um dos pontos altos da viagem das amigas é quando andam de camelo e apreciam um verdadeiro banquete no deserto – as cenas foram rodadas no Saara. Dunas perto da cidade de Ouarzazate, “a porta do deserto” e passeios de camelo perto do vilarejo de Merzouga, no alto de Erg Chebbi, foram locais usados para as filmagens, assim como uma praia em Essaouira, cidade na costa sudoeste de Marrocos.

    México

     

    No primeiro filme, quando Carrie é deixada no altar pelo grande amor de sua vida, Mr. Big (Chris Noth), a personagem decide ir para sua amarga lua de mel com as amigas num resort no México. Vistas lindas para o Oceano Pacífico, jantares regados a margaritas e descansos na piscina infinita são alguns dos atrativos que as quatro mulheres usufruem enquanto tentam distrair Carrie.

    Mesmo se passando no México, as filmagens reais ocorreram na própria Califórnia, próximas à Malibu – e tampouco foram rodadas em um enorme resort. Na verdade, uma mansão particular foi usada para dar vida ao hotel: a Villa Lizton, na Encinal Canyon Road, uma casa de estilo mediterrâneo situada em mais de dois hectares de terreno acima da praia estadual de La Piedra.

    Estados Unidos

    Los Angeles

     

    Na terceira temporada, as meninas decidem tirar alguns dias de férias em Los Angeles enquanto Carrie possui reuniões de trabalho. “Numa visita a Los Angeles, duas coisas são imprescindíveis: a primeira é alugar um carro maravilhoso. A segunda é saber dirigi-lo”, diz Carrie sobre a cidade que é permeada por longas rodovias e o transporte público não é tão usado.

    Entre dias ensolarados, festas diferentes das quais estão acostumadas e flertes com outros homens, as personagens tomam banho de piscina num hotel com vista privilegiada para o centro da cidade, vão a um bar country e até numa cafeteria que serve chás infusionados – bem a cara de L.A.

    Os estúdios da Warner Bros. em Burbank, vizinha à Los Angeles, fazem parte das gravações, já que Carrie possui reuniões de trabalho no local. A famosa caixa d’água dos estúdios e sets de filmagem que imitam Nova York aparecem nas imagens. De fato, o local é um ponto turístico e pode ser visitado pelo público em geral, com tour pelos estúdios mais famosos – até onde ocorreram as gravações do seriado “Friends“.

    Além da Warner Bros., as personagens são convidadas para uma festa na Mansão Playboy, que, no fim, acaba sendo uma experiência cômica na narrativa. A mansão do falecido empresário Hugh Hefner existe na vida real e está localizada no luxuoso bairro de Holmby Hills, próximo a Beverly Hills, local permeado por enormes propriedades, muros altos e carros caríssimos saindo das garagens.

    Atlantic City

    atlantic city
    Calçadão, praia, hotéis e cassinos formam a vida agitada de Atlantic City, a apenas duas horas de Nova York/Foto: Pixabay

    Situada a cerca de duas horas de carro de Nova York, a cidade de Atlantic City, em Nova Jersey, é um destino popular de férias dos norte-americanos. Na quinta temporada da série, as garotas passam um fim de semana por ali a convite de Samantha, que, por sua vez, está junto de Richard Wright (James Remar) – namorado rico da personagem àquela altura.

    A cidade é conhecida por seus cassinos e hotéis, como o Taj Mahal (atual Hard Rock) e Caesars Palace, além de lojas, restaurantes, bares, calçadão ao lado das águas e vida noturna agitada.

    Na trama, as personagens ficam hospedadas no Taj Mahal, que na série é propriedade de Richard, mas que na vida real pertenceu a Donald Trump. O hotel e cassino abriu em 1990 com 11 mil metros quadrados de área de jogo, mais de dois mil quartos se autointitulava como “a oitava maravilha do mundo”. Foi vendido em 2014 e fechou as portas definitivamente em 2016.

    Malibu

    Casas à beira-mar em Malibu, refúgio das celebridades próximo à Los Angeles/Foto: Pixabay

    No primeiro filme da franquia, Samantha realoca seus negócios para Los Angeles para ficar próxima de Smith (Jason Lewis), seu namorado, que agora é um astro de Hollywood. Os dois moram em uma casa de frente para o mar em Malibu, cidade conhecida por ser o lar de veraneio de inúmeras celebridades.

    A oeste de Los Angeles, Malibu estende-se por mais de 51 quilômetros ao longo do Oceano Pacífico, com praias de longas faixas de areia que são concorridas por surfistas e pelos moradores para ver o pôr do sol. O centrinho possui lojas de grifes e os restaurantes são badalados, como o Nobu Malibu, queridinho dos astros de Hollywood.

    No filme, porém, apesar de flertar com seu vizinho e fazer compras na Rodeo Drive, em Beverly Hills, Samantha acaba se sentindo solitária e resolve voltar a morar em Nova York.

    Hamptons

    hamptons montauk
    Parte dos Hamptons na cidade de Montauk, no estado de Nova York/Foto: Wikimedia Commons

    Citado várias vezes ao longo dos episódios da série, os Hamptons estão no imaginário de muita gente por conta de seu apelo em diversos filmes e outros seriados de sucesso. É um destino bastante procurado pela elite nova-iorquina aos fins de semana e no verão, quando as temperaturas aumentam e as praias se tornam mais atraentes.

    Parte do East End de Long Island, os Hamptons são um conjunto de vilas que compreendem as cidades de Southampton, East Hampton e Montauk, no estado de Nova York.

    Imóveis caríssimos e clubes de golfe privados são algumas das atrações por esta região seleta, onde várias celebridades norte-americanas mantêm mansões. Restaurantes charmosos, caminhadas nas praias e centrinhos elegantes com uma pegada rústica sofisticada podem ser encontrados por essa área.

    Suffern (NY)

    Centrinho de Suffern, vilarejo bucólico e rústico fora da cidade de Nova York/Foto: Wikimedia Commons

    A pequena vila de Suffern, em Nova York, é o local onde Aidan, então namorado de Carrie na quarta temporada, possui uma casa de campo bem simples e muito rústica em meio à floresta. Carrie, uma mulher da cidade, não consegue se conectar ao local da maneira que gostaria.

    Localizado a cerca de 50 km a noroeste de Manhattan e incorporado ao município de Ramapo, o vilarejo possui cerca de 11 mil habitantes. Trilhas, cafés simpáticos, alguns restaurantes e um teatro, o Lafayette, estão entre os atrativos do local bucólico.

    É neste episódio de “Sex and the City”, no drive-thru de uma lanchonete da cidade, que Carrie diz uma das frases mais conhecidas da série: “Oi, eu gostaria de um cheeseburguer, batatas fritas grandes e um Cosmopolitan”. O filme “O Irlandês”, indicado ao Oscar de Melhor Filme em 2020, também teve cenas rodadas em Suffern.


    Mais Recentes da CNN