por: Viagem e Gastronomia Viagem e Gastronomia

Fazenda no Vale do Paraíba fluminense une tradição do café com os luxos do século XIX

A São Luiz da Boa Sorte, em Vassouras, reflete os tempos áureos do ciclo cafeeiro e garante lazer para pequenos e adultos

Ouvir notícia
Daniela Filomeno em frente à casa sede da Fazenda São Luiz da Boa Sorte, em Vassouras, no Rio de Janeiro (Foto: CNN Viagem & Gastronomia)

Situado entre São Paulo e Rio de Janeiro, o Vale do Paraíba carrega a memória dos tempos áureos do café, que foi responsável pela ascensão econômica do Brasil no distante século XIX. Opulência, prestígio e prosperidade são o que as fazendas cafeeiras da região mostraram na época, já que a sofisticação da nova nobreza enchia as propriedades de suntuosidade. Localizada no Vale do Paraíba fluminense, a Fazenda São Luiz da Boa Sorte é um exemplo notável da pompa daqueles tempos, nos levando para uma graciosa viagem ao passado.

Logo na entrada da fazenda, palmeiras imperiais acompanham o caminho e avista-se a casa sede, típica do século XIX, com sua escada dupla que dá acesso à varanda e é repleta de janelões. Fruto da união de duas importantes fazendas do Ciclo Áureo do Café, a São Luiz e a Boa Sorte, a fazenda fica em Vassouras, a 117 km do Rio de Janeiro, cerca de 2h30 de carro, na região que já foi considerada a maior produtora de café do mundo.

Leia mais
O charme de seis hotéis fazendas imperdíveis pelo Brasil
Aceita um café? Conheça marcas especiais brasileiras, por Daniela Filomeno
Fazenda no interior de Minas guarda cenários bucólicos e programas para toda família

Ali, o sentimento que domina é o de viajar ao passado, uma imersão aos tempos áureos do Vale do Café, que conta um pedaço de nossa história. Como os próprios donos enfatizam, não é um hotel-fazenda, mas sim uma fazenda que hospeda. Com 31 suítes, espalhadas por diferentes anexos, a imponente construção restaurada oferece nos cômodos móveis de decoração de época, o que torna a experiência ainda mais especial. É fácil notar que os grandes quartos transmitem uma riqueza de detalhes, seguindo uma linha bem rústica.

quarto fazenda sao luiz da boa sorte
Um dos quartos históricos da fazenda, em que o papel de parede e os móveis de madeira se destacam (Foto: Daniela Filomeno)

Janelões, portas duplas, quadros, espelhos de molduras retrô e muitos móveis em madeira ditam o tom dos interiores, deixando os cômodos acolhedores. No exterior, áreas amplas e verdes oferecem uma completa liberdade de fazenda para os hóspedes. Além da casa sede, uma casa colonial com duas suítes, hípica, capela e tulha fazem parte da propriedade, que abriga ainda um museu dedicado ao café.

Anexa à fazenda, uma área aberta e gramada reserva espaço para os cavalos, em podemos interagir com eles e ainda participar de cavalgadas. Logo ao lado há a chamada Vila Hípica, espaço que acomoda 16 quartos, possui um pequeno lago que serve como piscina e é rodeado de plantas e uma arquitetura adorável. Não muito longe dali, diante de um silêncio tocante, fica uma linda capela. Datada de 1823, ela foi restaurada e a sensação é de encontrar uma paz edificante em seu interior, feito em tons amenos e com vários bancos para as preces.

Leia mais
CNN Viagem&Gastronomia: assista a todos os programas comandados por Daniela Filomeno
Um paraíso mineiro chamado Comuna do Ibitipoca por Daniela Filomeno
Cinco hotéis para crianças próximos a São Paulo

Lazer

São várias as atividades que garantem a diversão das crianças e o relaxamento dos adultos nos 500 hectares da propriedade. Os pequenos contam com recreação e brincadeiras durante o dia inteiro, deixando os pais tranquilos pelas dependências.

Há uma prainha de água doce, em que se pode aventurar com stand up paddle, pedalinho, boias e caiaque. Duas piscinas principais dão conta de banhar os hóspedes, uma aberta e climatizada ao lado da casa sede e outra térmica interior – um aconchego bem-vindo em dias mais frios. O porão, ao contrário do que se pensa, é um local super convidativo ao descanso: possui várias saletas interligadas mobiliadas com sofás, poltronas, quadros e abajures.

Trilhas, cavalgadas e campinho de futebol completam as atividades oferecidas na fazenda. E programas culturais não ficam de fora: a rica história do local e da produção cafeeira da região fez com que um museu inteiramente dedicado ao grão fosse aberto na propriedade em 2017, que recebe visitas guiadas também de não-hóspedes com duração de cerca de duas horas.

É o primeiro museu do café do estado do Rio e preocupa-se em saudar a trajetória do Vale, que, diz a história, chegou a ter mais de 600 fazendas produtivas por volta de 1850. É uma verdadeira jornada na história! Do período restaram patrimônios materiais e imateriais, dentre eles a própria fazenda, tombada pelo Instituto Estadual do Patrimônio Cultural (INEPAC).

Experiências gastronômicas

E, claro, as delícias típicas de fazenda não ficariam de fora. A São Luiz da Boa Sorte prepara refeições no fogão à lenha e oferece pensão completa, com café da manhã, almoço e jantar inclusos. As refeições, comidas típicas da roça com toques mineiros, são servidas em espaços especiais, presenteando-nos com experiências que remetem a um passado descomplicado.

O café da manhã, abastecido por bolos, pães, frutas e sucos, pode ser apreciado tanto na tulha, antigo espaço em que o café era armazenado, quanto à beira da prainha de água doce. É reconfortante degustar o desjejum ao lado da calmaria das águas!

daniela filomeno cafe da manha fazenda sao luiz da boa sorte
Daniela Filomeno tomando café da manhã à beira da prainha de água doce (Foto: CNN Viagem & Gastronomia)

O almoço também é servido na tulha, anexo próximo à casa sede que conta com decoração de época. O jantar ganha contornos especiais ao ser servido num salão nobre no interior da casa sede, aludindo a recepções luxuosas do século XIX, com mesão, cadeiras de madeira e louças refinadas.

atrio queijos e vinhos fazenda sao luiz da boa sorte
Degustação de queijos e vinhos no átrio da Fazenda (Foto: Daniela Filomeno)

Outro espaço especial é o átrio: ao ar livre, entre aposentos da casa principal, mesas e cadeiras nos convidam a degustar queijos e vinhos, oferecidos aos finais de semana. É agradável e acolhedor sentar-se à noite com a família e amigos ao redor de uma fogueira, beliscar comidinhas e bebericar vinhos entre um papo e outro.

Vivenciar a Fazenda São Luiz da Boa Sorte é como fazer uma jornada pelo melhor do Brasil do século XIX. Encantadora, inclusive para as crianças, que se divertem o dia inteiro e entram em contato com parte da história do país, estar aqui é como entrar numa máquina do tempo – e ao mesmo tempo se sentir em casa.

Fazenda São Luiz da Boa Sorte
BR 393 – Rodovia Lúcio Meira – KM 210, Vassouras, Rio de Janeiro
Telefones: (21) 99250-9798 e (21) 96823-9954
Site: https://fazendasaoluizdaboasorte.com.br/


Mais Recentes da CNN