Experiências mineiras: uma imersão em Belo Horizonte, Inhotim e Caraça

Seja na capital ou em cidades dos arredores, a cultura, a culinária e a exuberante natureza se mostram pujantes em Minas Gerais. Acompanhe as andanças de Daniela Filomeno pelo estado

Daniela Filomeno em frente a obra do artista Robert Irwin, em Inhotim
Daniela Filomeno em frente a obra do artista Robert Irwin, em Inhotim CNN Viagem & Gastronomia

Daniela Filomenodo Viagem & Gastronomia

Minas Gerais

Ouvir notícia

Minas Gerais é um daqueles lugares imperdíveis de se conhecer: o estado possui uma bem guardada tradição, é recheado de belas paisagens naturais, seus patrimônios históricos nos contam um pedaço da história do Brasil e o rico agito cultural e gastronômico enchem tanto os olhos quanto o estômago.

Assim, é claro que Minas seria mais um dos destinos do programa CNN Viagem & Gastronomia. Desta vez, pude me debruçar nas delícias e nas aventuras de três lugares concorridos e formidáveis: Belo Horizonte, Inhotim e o Santuário do Caraça.

Em “Beagá”, como chamam os mais íntimos, percorri uma rota gastronômica de dar água na boca. Experimentei (quase) tudo do Mercado Central, em especial o fígado com jiló do Bar da Lôra e o torresmo do Rei do Torresmo. Com o intuito de resgatar um local democrático na cidade, outro “mercadão” tem feito bonito: o Mercado Novo, com pequenos produtores e gente jovem movimentando o pedaço.

dani filomeno mercado central bh
Dani Filomeno prova delícias regionais mineiras no Mercado Central de Belo Horizonte/Foto: CNN Viagem & Gastronomia

Como amante de receitas, pude fazer ao lado do chef Flavio Trombino, que comanda o restaurante Xapuri na cidade, um saboroso lobozó que leva carne seca, jiló e abobrinha. Tem o gostinho e a cara de Minas! Além destes locais, mergulhei também na cultura desta cidade de quase 3 milhões de habitantes. Da Pampulha até o Circuito Cultural Praça da Liberdade, Belo Horizonte entra na rota dos grandes centros urbanos com uma cena cultural pujante.

Mas não é somente a capital que detém esses atributos: destinos do entorno reservam aos turistas experiências que mesclam arte, história e tradição de maneira ímpar. É o caso de Inhotim, maior museu a céu aberto do mundo que fica na cidade de Brumadinho. 

Ao todo, são mais de 700 instalações de cerca de 60 artistas de 38 países exibidas dentro de galerias e ao ar livre. Enormes jardins são um dos trunfos do museu: são oito jardins temáticos que somam mais de 4,3 mil espécies – algumas delas raras – vindas de todos os continentes; uma referência em paisagismo tropical contemporâneo. Para além de toda a sua exuberância, o espaço é importantíssimo para pesquisas, educação ambiental e conservação.

E novidades não param: neste ano que comemora 15 anos de fundação, Inhotim inaugura novas obras comissionadas de artistas brasileiros de peso na cena artística nacional e mundial que dialogam com a temática do biênio 2021-2022. É imperdível!

Por último, o programa contempla um outro lado da tradição e da história. Falo do Santuário do Caraça, local de muita fé que é repleto de fauna e flora bem preservadas em meio à Serra do Caraça, a 120 km de Belo Horizonte. Com quase 300 anos de história, o Santuário tem como marco a construção imponente da Igreja neogótica Nossa Senhora Mãe dos Homens, que surge austera na paisagem.

daniela filomeno santuario caraca
Dani Filomeno no Santuário do Caraça, com destaque para a igreja neogótica Nossa Senhora Mãe dos Homens ao fundo/Foto: CNN Viagem & Gastronomia

Tudo começou como uma pequena capela e hospedagem ainda no século 18, que virou uma referência tanto como colégio imperial quanto como escola apostólica – D. Pedro II e Teresa Cristina passaram por ali em 1881 e deixaram suas marcas. A gastronomia é um dos pontos altos do Caraça: assim como eu, você pode aprender a fazer um pudim de gabinete, receita centenária que consta até nos livros históricos da biblioteca do local. Mistura entre história, espiritualidade, ecologia, culinária e arquitetura, o Santuário, assim como a Serra, vale – e muito – a visita.

Minas é assim: uma descoberta a cada esquina. Seja na natureza ou no grande centro urbano, o estilo mineiro se reflete nos mais diferentes aspectos e nos mínimos detalhes. Por meio da sua comida, de seu povo, de sua história e suas manifestações artísticas conseguimos entender um pouco mais o motivo do estado ser tão especial.


Mais Recentes da CNN